Alcoolismo, comorbilidades psíquicas e rastreio de funções cognitivas em diferentes etapas do tratamento

DSpace/Manakin Repository

Alcoolismo, comorbilidades psíquicas e rastreio de funções cognitivas em diferentes etapas do tratamento

Apresentar o registro completo

Título: Alcoolismo, comorbilidades psíquicas e rastreio de funções cognitivas em diferentes etapas do tratamento
Autor: Pratas, Marta Sofia Morais
Resumo: Este Trabalho de investigação teve por objectivo compreender melhor a problemática do Alcoolismo, na inter-relação com as Comorbilidades Psiquícas, rastreando as funções cognitivas, essenciais ao adequado funcionamento do indivíduo. Foram contempladas duas amostras de utentes da Unidade de Alcoologia de Lisboa, uma com doentes provenientes de internamento psicoterapêutico com duração de 4 a 5 semanas (n=33) e outra com doentes provenientes de Grupos Pós Alta com periodicidade quinzenal de terapias de grupo durante 2 anos (n=29). Os testes utilizados foram a Iowa Gambling Task (IGT; Bechara, Damásio, Tranel, & Anderson, 1999), o Montreal Cognitive Assessment (MoCA; Nasreddine e Cols, 2005) e o Minimult, versão abreviada do Minnesota Multiphasic Personality Inventory (MMPI; Hathaway & McKinley, 1939). Salienta-se uma elevação maior nas escalas Depressão, Psicopatia e Esquizofrenia com maior incidência para o grupo dos doentes internados. O rastreia das funções cognitivas revela que ambos os grupos apresentam valores médios abaixo do ponto de corte indiciando um défice das funções cognitivas e a Tomada de Decisão, sugere-nos que no momento da avaliação os alcoólicos apresentam maior número de sujeitos com desempenho limite.This research work aims to better understand the problems of Alcoholism, on the inter-relationship with psychiatric comorbidities, tracking cognitive functions, essential for the proper functioning of the individual. They were awarded two samples of users of the Unit Alcohology Lisbon, one with inpatients admitted in a psychotherapeutic hospital lasting 4 to 5 weeks (n=33) and another with outpatients from the hospital that after discharge are inserted in Post Alta Groups with fortnightly therapies group for 2 years (n=29). The tests used were the Iowa Gambling Task (IGT; Bechara, Damasio, Tranel, & Anderson, 1999), the Montreal Cognitive Assessment (MoCA; Nasreddine and Cols, 2005) and the Minimult, short version of Minnesota Multiphasic Personality Inventory (MMPI; Hathaway & McKinley, 1939). The outcome perceive a higher elevation on scales Depression, Psychopathy and Schizophrenia, with higher incidence for the group of inpatients. The tracks of cognitive functions reveals that both groups have average values below the cutoff point indicating a deficit of cognitive function and decision-making, suggests to us that when assessing alcoholics have a higher number of subjects with performance limit.
Descrição: Orientação: Joana Brites Rosa
URI: http://hdl.handle.net/10437/7066
Data: 2016


Arquivos neste Item

Arquivos Tamanho Formato Visualizar
Temporario.pdf 12.34Kb PDF Visualizar/Abrir

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo

Todo o Repositório


Pesquisa Avançada

Visualizar

Minha conta