História do currículo de trabalhos manuais no Estado Novo (1936-1948)

DSpace/Manakin Repository

História do currículo de trabalhos manuais no Estado Novo (1936-1948)

Show full item record

Title: História do currículo de trabalhos manuais no Estado Novo (1936-1948)
Author: Ferreira, Helena Maria Romero Passaporte
Abstract: A investigação sobre a História do Currículo da disciplina Trabalhos Manuais foi arquitetada com uma perspetiva histórica do tipo descritiva, a partir da problemática de compreender o papel dos Trabalhos Manuais como veículo ideológico na formação dos jovens no Estado Novo (1936-1948): História do Currículo de Trabalhos Manuais, enquadrando-se na área das Ciências da Educação no âmbito da História do currículo. Pretende-se compreender as relações entre os princípios dominantes que constituem o discurso regulador geral do Estado Novo, o discurso singular dos decisores das políticas educativas, na procura de apreender a sua linguagem, o pensamento e os valores, na perspetiva de Foucault (1966, p. 103),“ porque as palavras se propõem aos homens como coisas a decifrar”. A investigação pode ser descrita como um projeto de análise dos mecanismos e alterações históricas, da qual emerge a construção do currículo da disciplina, pela pertinência de apreender se os Trabalhos Manuais foram, ou não, instrumentos de veiculação da ideologia salazarista nos jovens, no intento de fabricação/ modelagem de um determinado modelo de cidadão. Foi aplicada a metodologia de investigação qualitativa assente no método de análise documental, considerando como fontes principais os documentos oficiais e os discursos na figura dos ministros da educação. O estudo centra-se em três momentos temporais em que foram implementadas significativas reformas do sistema educativo português, verificando-se serem estruturantes dos desígnios do poder político, reforma do ensino liceal de Carneiro Pacheco (1936) e de Pires de Lima (1947-1948) e reforma do Ensino Técnico Profissional de Pires de Lima (1948).The research on the History of the Curriculum of the discipline of Arts and Crafts was developed based on a descriptive historical perspective, starting from the understanding of the role of Arts and Crafts as an ideological vehicle in the education of young people during Estado Novo period (1936-1948): History of the Curriculum of Arts and Crafts, in the scope of Educational Sciences within the History of the Curriculum. The objective is to understand the relationships between the dominant principles that constitute the general regular speech of Estado Novo, the single speech of the decision makers of educational policies, aiming to learn its language, its thought and values, in the perspective of Foucault (1966, 103), “since words are proposed to men as things to be deciphered”. The research can be described as a project of analysis of mechanisms and historical changes, from which the construction of the discipline curriculum emerges, trying to define if Arts and Crafts were instruments of “salazarista” ideological vehicle for young people, aiming to model a certain type of citizen. The methodology of quantitative research based on the documental analysis method was applied, considering official documents and speeches of Ministers of Education as main sources. The study is centred in three time periods during which significant reforms of the Portuguese educational system were implemented. Those reforms were structural for the purposes of the political power: the teaching secondary school reform of Carneiro Pacheco (1936) and Pires de Lima (1947-1948) and the technical-professional schooling reform of Pires de Lima (1948).
Description: Orientação: José Gregório Viegas Brás
URI: http://hdl.handle.net/10437/6949
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View Description
DM_Helena Ferreira.pdf 33.36Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account