Os perfis de autocuidado das pessoas com insuficiência renal crónica em hemodiálise e a sua perceção da qualidade de vida

DSpace/Manakin Repository

Os perfis de autocuidado das pessoas com insuficiência renal crónica em hemodiálise e a sua perceção da qualidade de vida

Show full item record

Title: Os perfis de autocuidado das pessoas com insuficiência renal crónica em hemodiálise e a sua perceção da qualidade de vida
Author: David, Maria Inês Diogo
Abstract: O envelhecimento da população e a prevalência crescente de doenças crónicas têm um impacto na qualidade de vida das pessoas, influenciando as políticas de saúde. A educação terapêutica possui um elevado potencial na melhoria dos resultados no doente. Este estudo pretendeu identificar os perfis de autocuidado nos doentes insuficientes renais crónicos em hemodiálise, avaliar o nível de qualidade de vida dos doentes, analisar a qualidade de vida nos grupos com diferentes perfis de autocuidado e verificar se existe relação entre os diferentes perfis de autocuidado e a qualidade de vida nestes doentes. O estudo é exploratório e transversal. A amostra de conveniência foi constituída por 80 doentes com diferentes níveis de autonomia. Os dados foram obtidos através da aplicação de dois questionários: KDQOL-SF36 e SCHDE. O perfil de autocuidado dos doentes é predominantemente do tipo indefinido (75%). Identificaram-se 10 casos (12,5%) com autocuidado aderente ao perfil responsável. Os doentes pertencentes ao grupo da Diálise Autónoma Domiciliária obtiveram os melhores níveis de qualidade de vida, seguidos do grupo da Diálise Autónoma Longa Noturna e, por último, da Diálise Convencional; com diferenças significativas entre os dois primeiros grupos e o terceiro grupo. Não se verificaram diferenças significativas entre os perfis de autocuidado para a qualidade de vida.The aging of population and the increasing prevalence of chronic diseases have an impact on quality of life, influencing health policies. Therapeutic education has a high potential on improving outcomes for the patient. This study aimed to identify the self-care profiles in chronic kidney disease patients on hemodialysis, assess the level of pacient`s quality of life, analyze the quality of life in selfcare groups with different profiles and check the relationship between different profiles of self-care and quality of life in these patients. This research was a exploratory and transversal study, with a convenience sample of 80 patients with different levels of autonomy. Data collection consisted on applying two questionnaires: KDQOL-SF36 and SCHDE. Self-care profile of patients is predominantly undefined (75%). It was possible to determine 10 cases (12.5%) with responsible self-care profile. Patients in Autonomous Domiciliary Dialysis program have the best quality of life levels, followed by patients in Autonomous Long Nocturnal dialysis program, and finally the patients in conventional dialysis; with significant differences among the first two groups and the third group. There were not significant differences among the self-care profiles for quality of life.
Description: Orientação : Vasco Reis
URI: http://hdl.handle.net/10437/6630
Date: 2015


Files in this item

Files Size Format View Description
Trabalho_Final_Inês_30.7.pdf 1.456Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account