Percepções sobre o consumo excessivo de álcool nos jovens universitários portugueses da cidade de Lisboa, que prevenção. Que redução de riscos?

DSpace/Manakin Repository

Percepções sobre o consumo excessivo de álcool nos jovens universitários portugueses da cidade de Lisboa, que prevenção. Que redução de riscos?

Show simple item record

dc.contributor.advisor Queiroz, Maria José, orient.
dc.contributor.author Pina, Sara Vanessa da Silva
dc.date.accessioned 2015-04-22T14:13:08Z
dc.date.available 2015-04-22T14:13:08Z
dc.date.issued 2011
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/6248
dc.description Orientação : Maria José Queiroz : co-orientação: Elsa Conceição Silva pt
dc.description.abstract O consumo de substâncias psicoactivas tem sido caracterizado como um comportamento cultural na sociedade portuguesa. Com a evolução da sociedade, não somente este consumo foi-se modificando, no que respeita a grupos populacionais de consumo, como também o tipo de bebida consumida. Grupos como os de adolescentes e de mulheres encontram-se, no presente, como grupos vulneráveis ao consumo deste tipo de substância. A adolescência é uma etapa fundamental no desenvolvimento da vida do adolescente, pois não só é nesta fase que o indivíduo sofre mudanças de ordem física, mas também psicossocial. Esta fase encontra-se dividida por etapas, sendo cada uma delas caracterizada por um tipo de desenvolvimento. É na adolescência que as primeiras experimentações de substâncias psicoactivas lícitas ou ilícitas, como o álcool e o tabaco, ocorrem. As consequências do consumo excessivo de tais substâncias são preocupantes pelas inúmeras consequências resultantes deste tipo de comportamento. Quer para o consumidor, quer para a família, quer para a sociedade. O estudo procurou analisar a percepção de estudantes universitários que, nalgum momento da sua vida, tivessem tido consumos excessivos de álcool, sobre esse seu consumo, assim como sobre os consumos de álcool na sociedade portuguesa. Procurou ainda estabelecer as ideias dos jovens sobre as consequências resultantes do consumo deste tipo de substância. Além disso, tentou-se ainda compreender o papel e a acção do Assistente Social nesta temática. Desta forma, o estudo apresenta uma metodologia qualitativa, seguindo uma estratégia indutiva e abdutiva. Os dados foram recolhidos através de entrevistas semi-directivas, aplicadas a doze estudantes universitários e a um Assistente Social. A partir da análise e interpretação de dados, verifica-se que existe uma maturação no consumo de substâncias psicoactivas lícitas, como o álcool. Os estudantes tendem a consumir, no presente, especialmente, pelo facto de apreciarem o tipo de bebida que consomem e pelo acto de socialização, e não tanto pelo facto de desejarem ficar alcoolizados, razão utilizada para os consumos passados. pt
dc.description.abstract The consumption of psychoactive substances has been characterized as a cultural behavior in Portuguese society. With the evolution of society, this behavior has changed in some population groups, but also the type of beverage consumed. Groups such as adolescents and women are characterized, in the present, like vulnerable groups when they consumed such substances. Adolescence is a fundamental phase in life’s development, not only because it’s in these phase, where a person will suffer physical changes, but also psychological ones. This phase of life is usually divided by stages, which one is characterized by some sort of development. It is in the adolescence that the firsts experimentations of psychoactive substances legal or illegal, such as alcohol and tobacco occur. The consequences of excessive absorption of these types of substances are something to concern with, because of the many consequences which result from this behavior. For the consumer, for the family and also for the society. This study sought to comprehend the perception of university students, which at some time of their life’s had excessive absorption of alcohol, about their own consumption and their perception about the consumption of Portuguese society. The study sought to establish the ideas of the students about the consequences which result from this sort of behavior. We also wanted to understand the work from Social Workers in this theme. So, we based this study in a qualitative approach, and followed an inductive and abductive strategy. The data was collected by semi-structured interviews, applied to twelve students and one Social Worker. From the data analyses and interpretation we can concluded that there is ripeness in these type of behavior on these students. This situation happens because, in the present, they usually consume for the socialization with their peers and because they also enjoy the drinks they chose to drink. And not for the fact to became inebriate, reason given by past consumptions. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights closedAccess
dc.subject SERVIÇO SOCIAL pt
dc.subject MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL E POLÍTICA SOCIAL pt
dc.subject POLÍTICA DE PREVENÇÃO pt
dc.subject ADOLESCENTES pt
dc.subject JOVENS ADULTOS pt
dc.subject PREVENÇÃO DE ABUSOS pt
dc.subject SOCIAL WORK en
dc.subject PREVENTION POLICY en
dc.subject ADOLESCENTS en
dc.subject YOUNG ADULTS en
dc.subject RISK BEHAVIOURS en
dc.subject PREVENTION OF ABUSE en
dc.subject COMPORTAMENTOS DE RISCO pt
dc.title Percepções sobre o consumo excessivo de álcool nos jovens universitários portugueses da cidade de Lisboa, que prevenção. Que redução de riscos? pt
dc.type masterThesis pt


Files in this item

Files Size Format View
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account