Análise da associação entre a satisfação e a frustração das necessidades psicológicas básicas no trabalho e as estratégias motivacionais utilizadas por profissionais de exercício físico

DSpace/Manakin Repository

Análise da associação entre a satisfação e a frustração das necessidades psicológicas básicas no trabalho e as estratégias motivacionais utilizadas por profissionais de exercício físico

Show full item record

Title: Análise da associação entre a satisfação e a frustração das necessidades psicológicas básicas no trabalho e as estratégias motivacionais utilizadas por profissionais de exercício físico
Author: Simões, Ana Sofia Fialho
Abstract: A satisfação e frustração dos profissionais de saúde parece influenciar a sua capacidade de trabalho e as respetivas estratégias motivacionais por eles utilizadas. Contudo, é uma temática na qual existem poucos estudos e as amostras são reduzidas ou com indivíduos de várias profissões. A presente dissertação pretendeu analisar a associação entre a satisfação e a frustração das necessidades psicológicas básicas (NPB) no trabalho e as estratégias motivacionais utilizadas por profissionais de exercício físico. Em primeira instância foi realizada uma revisão sistemática de literatura para analisar a literatura publicada sobre a satisfação e frustração no trabalho das necessidades psicológicas básicas em profissionais de exercício físico. Posteriormente foi realizado um estudo observacional transversal para analisar a associação entre a satisfação e a frustração e as estratégias motivacionais utilizadas no local de trabalho (n=174 profissionais). Os resultados indicaram que na satisfação das necessidades psicológicas básicas, existe um conjunto de fatores externos que promovem o bem-estar psicológico e o sentimento de autonomia, promovendo o sentimento de satisfação e prazer no trabalho e aumento da autoestima. Já a frustração pode conduzir à exaustão emocional, risco de esgotamento, preocupações com a imagem corporal e transtornos alimentares. Relativamente às estratégias motivacionais pode-se verificar uma associação positiva entre a satisfação das necessidades psicológicas básicas e a perceção de apoio. Os homens, se satisfeitos nas NPB, utilizam estratégias motivacionais de suporte, mas se ficam frustrados nas NPB ficam mais predispostos a utilizar estratégias motivacionais de controlo. Nas mulheres, apenas a satisfação de competência conduz à adoção de estratégias motivacionais de suporte mas a frustração mas parece não levar a estratégias motivacionais de controlo.Satisfaction and frustration the basic psychological needs (BPN) of health professionals seem to influence their ability to work and the respective motivational strategies used by them. However, it is a matter on which there are few studies and samples are reduced or with individuals from various professions. This dissertation wanted to examine the association between satisfaction and frustration of basic psychological needs at work and the motivational strategies used by the exercise professional. In the first instance, a systematic literature review was conducted to analyse the published literature on satisfaction and frustration in the work of basic psychological needs in exercise professionals. Subsequently, a cross-sectional observational study was directed to examine the association between satisfaction and frustration and motivational strategies used in the workplace (n=174 profissionais). The results indicated that the satisfaction of basic psychological needs, there is a set of external factors that promote psychological well-being and sense of autonomy, promoting feelings of satisfaction and pleasure in work and increased self-esteem. Already frustration can lead to emotional exhaustion, depletion risk, concerns about body image and eating disorders. Relative to motivational strategies can verify a positive association between the satisfaction of basic psychological needs and perceptions of support. Men if satisfied in the BPN, uses motivational strategies to support, but when the BPN are frustrated, they are more likely to use motivational strategies of control. Women, just the satisfaction of competence leads to adoption for motivation and support but frustration does not seem to lead to motivational control strategies.
Description: Orientação: António Labisa Palmeira
URI: http://hdl.handle.net/10437/6142
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação.pdf 825.4Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account