A multimédia utilizada em psicologia experimental e as limitações do equipamento informático

DSpace/Manakin Repository

A multimédia utilizada em psicologia experimental e as limitações do equipamento informático

Show simple item record

dc.contributor.author Pereira, Alexandre
dc.date.accessioned 2010-01-04T15:58:34Z
dc.date.available 2010-01-04T15:58:34Z
dc.date.issued 2001
dc.identifier.issn 1645-2585
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/612
dc.description.abstract A Psicologia Experimental pode obter imensos proveitos da utilização da multimédia: uma maior regularidade na apresentação de estímulos ao sujeito, uma maior diversidade na qualidade dos estímulos a apresentar, uma maior precisão na medição dos tempos de resposta. No entanto, o equipamento informático, apesar de se encontrar em evolução crescente constante, apresenta algumas limitações, nomeadamente, ao nível dos periféricos de interface com o utilizador. O ecrã não é, por omissão, rigoroso na apresentação de estímulos visuais temporizados. O teclado introduz desvios na medição dos tempo de resposta. Este artigo discute formas de obviar estes e outros problemas, de forma a que a Psicologia Experimental possa obter os melhores benefícios da conjugação das suas necessidades com as potencialidades da Multimédia. por
dc.format.extent 124890 bytes
dc.format.mimetype application/pdf
dc.language.iso por
dc.publisher Edições Universitárias Lusófona
dc.rights openAccess
dc.subject COMUNICAÇÃO
dc.subject MULTIMÉDIA pt
dc.subject PSICOLOGIA EXPERIMENTAL pt
dc.subject COMMUNICATION en
dc.subject EXPERIMENTAL PSYCHOLOGY en
dc.subject MULTIMEDIA en
dc.title A multimédia utilizada em psicologia experimental e as limitações do equipamento informático
dc.type article por
dc.description.abstract2 Experimental Psychology can get a lot of benefits when it makes use of multimedia: higher regularity in displaying stimulus, greater diversity in the quality of stimulus, higher accuracy in the measuring of the subject’s response times. Nonetheless, the hardware, in spite of being in a constant and rising evolution, denotes some limitations, namely at the level of peripherals. The monitor isn’t, by default, accurate when displaying time controlled visual stimulus. The keyboard introduces big delays when measuring response times. This article discusses ways of solving these and other problems, in a way that Experimental Psychology can get the best benefits from joining its needs with Multimedia potentialities. eng


Files in this item

Files Size Format View
pereira_multimediautilizada_#1de1.pdf 121.9Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account