A abordagem da radioatividade no ensino em Portugal : uma lacuna nos currículos do ensino básico e secundário

DSpace/Manakin Repository

A abordagem da radioatividade no ensino em Portugal : uma lacuna nos currículos do ensino básico e secundário

Show full item record

Title: A abordagem da radioatividade no ensino em Portugal : uma lacuna nos currículos do ensino básico e secundário
Author: Martins, Paula Cristina de Araújo
Abstract: A Física e a Química envolvem conteúdos teóricos que estão constantemente presentes no nosso quotidiano. Contudo, é do consenso geral que o ensino destas disciplinas continua a incidir sistematicamente em alguns temas em prejuízo de outros, originando lacunas concetuais que se refletem no dia-a-dia enquanto estudantes e posteriormente em idade adulta, em contexto socio cultural. Pretende-se com este trabalho realizar um estudo exploratório sobre a existência daquilo que consideramos como lacuna nos conteúdos de Física e Química no Ensino Básico e Secundário em Portugal, mais concretamente no que se refere à Radioatividade. Para o efeito, apuraram-se os conhecimentos que os alunos de três níveis diferentes do ensino Básico e Secundário (9º ano, 10º ano e 12º ano) possuem sobre o tema em estudo. De modo a verificar o nível de conhecimentos em idade adulta, realizaram-se estudos com indivíduos em contexto laboral, obtendo-se assim dados quanto à extensão e pertinência do estudo da radioatividade. O estudo foi realizado através da aplicação de um teste de associação de palavras, o qual apresentava vários estímulos relacionados com a Radioatividade. No caso do grupo escolar, foram feitas duas aplicações do teste, antes e após uma intervenção didática teórica e outra prática. Quanto ao grupo não escolar, o teste de associação de palavras foi aplicado apenas uma vez, não tendo havido intervenção teórica. Após a recolha de dados procedeu-se à sua análise quantitativa, apenas para o grupo escolar, e qualitativa para ambos os grupos, o que permitiu elaborar uma aproximação simples de mapas concetuais nos dois contextos (escolar e não escolar) e compará-los entre si. Através da análise dos resultados obtidos, e tendo em conta que se trata de um estudo exploratório, foi possível concluir que a disciplina de Física e Química lecionada nas escolas, não tem abordado adequadamente os conteúdos relativos à radioatividade, nem no presente, nem num passado recente, o que se reflete em idade adulta. Como tal sugere-se a realização de estudos de natureza investigativa mais abrangentes de modo a verificar a existência desta lacuna no Ensino Básico e Secundário, que a ser confirmada poderá ser mitigada através da realização de atividades práticas, recorrendo a exemplos do dia-a-dia, concretizando a perspetiva Ciência - Tecnologia- Sociedade - Ambiente que os programas do Ministério da Educação enfatizam.Physics and Chemistry include theoretical contents that are frequently present in our daily life. However, the teaching of these disciplines continues to focus systematically in some areas, excluding others, thus producing conceptual gaps which are reflected in daily life of students and later on, in socio-cultural context, of adults. This work aims at undertaking an exploratory study about the existence of a gap in Secondary School Physics and Chemistry contents in Portugal in the area of Radioactivity. For that purpose, students’ knowledge about radioactivity was investigated in groups of students at three age levels (9th, 10th and 12th grades). In order to get an idea about the consequences for adults, already in work context, of the lack of this content in the curricula, some research was carried out. This allowed obtaining some results indicating that teaching this topic would be relevant. The study was undertaken using Word Association Tests with several stimuli related to radioactivity. In the case of the groups in school context the tests were applied before and after a didactic intervention consisting of a lecture followed by practical work about this theme. For the non-scholar group the word association test was used only once, and no didactical intervention took place. After collecting the data, a quantitative analysis only for the scholar group, and a qualitative analysis for both groups, was carried out. The qualitative analysis allowed the construction of simplified conceptual maps in both contexts that could be compared. From the analysis of data obtained, but taking into account that this was only an exploratory study, it was possible to observe that the courses of Physics and Chemistry in secondary schools do not approach adequately the teaching of contents related to radioactivity, neither presently, nor in a recent past, and this has consequence for students and adults. A suggestion of more detailed research studies, in order to detect the existence of the referred gap in the curricula of Basic and Secondary School teaching, is presented. If this gap is confirmed with greater evidence, the remediation proposed could be by means of practical activities using, in some cases, daily life examples, in line with the Science- Technology-Society-Environment perspective emphasized by the official programs of the Ministry of Education.
Description: Orientação : Maria Elisa Maia ; Co-orientação : Lina Maria Cardoso Lopes
URI: http://hdl.handle.net/10437/5964
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View
PAULA MARTINS_TESE.pdf 8.163Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account