Educação escolar indígena: afirmação da alteridade do grupo étnico Fulni-ô, Águas Belas, Pernambuco

DSpace/Manakin Repository

Educação escolar indígena: afirmação da alteridade do grupo étnico Fulni-ô, Águas Belas, Pernambuco

Show full item record

Title: Educação escolar indígena: afirmação da alteridade do grupo étnico Fulni-ô, Águas Belas, Pernambuco
Author: Coimbra, Ana Carolina Gomes
Abstract: A presente investigação trata-se de um estudo etnográfico na Aldeia Indígena Fulni-ô, localizada no município de Águas Belas, Pernambuco, Brasil. A pesquisa procura problematizar a Alteridade Indígena como propulsor para uma educação de qualidade para os povos autóctones a partir da Constituição Federal de 1988. Buscando compreender o modo como eles vêm se organizando para construir uma escola verdadeiramente indígena, sendo esta específica, diferenciada, comunitária, intercultural e bilíngue. Utilizamos a abordagem metodológica de natureza qualitativo-etnográfica que se apoiou nos procedimentos metodológicos que proporcionou os mecanismos necessários para a reflexão da educação escolar indígena para este grupo étnico. Mostrar–se–á nesta pesquisa as questões culturais e étnicas, reflexões sobre identidade e reconhecimento. Estas temáticas terão uma visão mais abrangente, um olhar dos índios do Brasil. E que através da educação familiar, das relações sociais e de parentesco dos índios Fulni-ô, se constroem as bases dos valores éticos para a formação da educação escolar. A estima e o respeito pelo idioma materno, o Yaathe, e sua tradição oral. E por fim o papel da educação escolar indígena, no contexto Nacional e especificamente a da etnia abordada. Todos os assuntos serão interligados ao foco central desta investigação, a Educação Escolar. Em contrapartida, apresentamos as falas dos professores Fulni-ô, revelando suas práticas desenvolvidas em sala de aula. Os professores têm a consciência de que a escola é um forte instrumento para manter viva a cultura Fulni-ô, por isso lutam por este direito de fato, e assim construir cidadãos brasileiros plenos.This research is an ethnographic study in Indian village Fulni-ô, located in the municipality of Águas Belas, Pernambuco, Brazil. The search looks for otherness problematizing as Indigenous to propellant quality education for indigenous peoples from the Federal Constitution of 1988. Seeking to understand how they are organizing to build a school truly indigenous, being this specific, differentiated, bilingual and intercultural community. We use the methodological approach of nature qualitative-ethnographic that relied on the methodological procedures which provided the necessary mechanisms for the reflection of indigenous education school for this ethnic group. Show – if – this will search the ethnic and cultural issues, reflections on identity and recognition. These themes will have a broader vision, a look of the Indians of Brazil. And that through education, family, social relations and kinship of the Fulni-ô, if Indians build the foundations of ethical values for the training of school education. The esteem and respect for the maternal language, the Yaathe, and its oral tradition. And finally the role of indigenous education in the national context, and specifically the ethnic addressed. All subjects are interconnected to the central focus of this research, school education. On the other hand, we present the speeches of teachers Fulni-ô, revealing their practices developed in the classroom. Teachers have the awareness that the school is a strong tool to keep alive the culture Fulni-ô, so fight for this right in fact and thus builds full Brazilian citizens.
Description: Orientação: Manuel Tavares Gomes ; co-orientação: José Bernardino Duarte
URI: http://hdl.handle.net/10437/5934
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View Description
DISSERTAÇÃO MES ... CAROLINA GOMES COIMBRA.pdf 2.775Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account