Estimulação cognitiva em pacientes com alcoolismo: vantagens da utilização de dispositivos móveis

DSpace/Manakin Repository

Estimulação cognitiva em pacientes com alcoolismo: vantagens da utilização de dispositivos móveis

Show full item record

Title: Estimulação cognitiva em pacientes com alcoolismo: vantagens da utilização de dispositivos móveis
Author: Bastos, Ana Marta Sá Pereira
Abstract: A dependência de álcool associa - se a um défice nas funções cognitivas. Esta investigação teve como objectivos: (1)avaliar o impacto de um programa de estimulação cognitiva com recurso a aplicações móveis para ‘tablet’, no funcionamento cognitivo, em pacientes com diagnóstico de dependência de álcool , durante o tratamento de abstinência ; e (2) verificar a usabilidade do equipamento e das aplicações u tilizadas. Para tal, foram sele cionados 38 participantes que se dividiram em dois grupos, o grupo de con trolo (N=20), sem estimulação, e o grupo experimental (N=18), com inte rvenção com tecnologia móvel . Os dois grupos foram avaliados através de uma bateria de testes neuropsicológicos, no início e final do tratamento. A intervenção decorreu durante o mês de internamento, realizando - se 10 sessões de estimulação. O programa incidiu nas funções que geralmente se encontram em défice, nesta população, como é o caso da atenção, memória, memória de trabalho, funções executivas e capacidades visuo - espaciais. Os resul tados obtidos revelam o impacto positivo da estimulação nas funções executivas, especialmente na flexibilidade mental, comportamento preseverativo, conceptualização, planeamento, raciocínio abstra to, exploração organizada através do ‘ feedback ’ ambiental e controlo inibitório. O dispo sit iv o utilizado , em pacientes com alcoolismo , é considerado um produto aceitável para utilizar enquanto equipamento de apoio para a estimulação. Conclui - se, assim, que a estimulação cognitiva com recurso a aplicações móveis em ‘tablet’ tem efeitos positivos no funcionamento executivo dos dependentes de álcool.Alcohol dependence has been associated to specific cognitive impairments. The purpose of this study was: 1) to assess the effect of a cognitive stimulation program in cognitive functioning of patients with alcohol dependence, using mobile applications running in a tablet during treat ment withdrawal; and 2) to assess the usability of the equipment and applications that were used. To accomplish this goal, 38 participants were selected and divided in two groups, the control group (N=20), without stimulation, and the experimental group (N=18), using mobile technology. At the beginning and end of the treatment, both groups were assessed using a neuropsychological battery. Intervention was performed during the one month of treatment, through 10 sessions of cognitive stimulation. The program focused on functions that are usually impaired in this population, such as attention, memory, working memory, executive functions and visuospatial ability. The results show a positive effect of intervention on executive functions, especially on mental flexibility, perseverative responding, concept formation, planning, abstract reasoning, organized researches through environmental feedback and inhibitory control. In this population, the intervention that was carried out was considered an acceptable product to be used as assistive equipment to cognitive stimulation. In conclusion, the cognitive stimulation using mobile technology has positive effects in executive functions of individuals with alcohol dependence.
Description: Orientação: Jorge Oliveira; co-orientação: Paulo Lopes
URI: http://hdl.handle.net/10437/5913
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Ana Bastos.pdf 5.526Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account