O treino do reconhecimento das emoções no desenvolvimento das capacidades da Teoria da Mente : um estudo com crianças com Perturbação do Espetro Autista

DSpace/Manakin Repository

O treino do reconhecimento das emoções no desenvolvimento das capacidades da Teoria da Mente : um estudo com crianças com Perturbação do Espetro Autista

Show full item record

Title: O treino do reconhecimento das emoções no desenvolvimento das capacidades da Teoria da Mente : um estudo com crianças com Perturbação do Espetro Autista
Author: Santos, Cândida Maria Torrão Moreira dos
Abstract: As Perturbações do Espetro do Autismo são caracterizadas por uma alteração global do desenvolvimento. Esta alteração é observada, segundo Lorna Wing (1981), em três áreas fundamentais: na comunicação, na interação social e na imaginação. Segundo Baron-Cohen (2009) os défices apresentados na comunicação e na interação social, são consequência de um atraso no desenvolvimento de uma Teoria da Mente (ToM). O modelo da Teoria da Mente sugere que a causa do autismo reside na dificuldade no entendimento das mentes do outro, das suas emoções, sentimentos, crenças e pensamentos. Com base neste modelo, o presente estudo tem como objetivo testar a eficácia de um treino do reconhecimento de emoções e noções de crença falsa (consideradas percursoras da ToM) em crianças diagnosticadas com autismo de alto funcionamento. A amostra foi constituída por nove crianças, oito rapazes e uma rapariga, com idades compreendidas entre os 6 e os 9 anos. Os participantes foram recrutados de uma clinica privada onde têm acompanhamento semanal. Os resultados sugerem uma aprendizagem cognitiva do reconhecimento da expressão facial emocional, assim como, da noção de crença falsa e apontam no mesmo sentido de outros estudos similares já realizados que constam da literatura. Porém o limitado número amostral, bem como a inexistência de um grupo de referência, leva à necessidade de ser prudente nas conclusões a retirar dos desempenhos obtidos.The autism spectrum disorders are characterized by a change on global development. This change is observed, according to Lorna Wing (1981), in three key areas: communication, social interaction and imagination. According to Baron-Cohen (2009) the deficits presented in communication and social interaction are a consequence of a delay in the development of a theory of mind (ToM). The model of theory of mind suggests that the cause of autism is a difficulty in understanding other's minds, their emotions, feelings, beliefs and thoughts. Based on this model, the present study aims to test the effectiveness of a training on emotional recognition and false belief (considered precursors of ToM) in children diagnosed with high-functioning Autism. The sample consisted of nine children, eight boys and one girl, aged between 6 and 9 years. Participants were recruited in a private clinic where they attended weekly therapy. The results suggest a cognitive apprenticeship of emotional facial expression, as well as the notion of false belief pointing in the same direction of other studies already carried out. However, the limited sample number, as well as the absence of a reference group, requires the need to be prudent in drawing conclusions from the obtained outcomes.
Description: Orientação: Maria Teresa Sousa Souto
URI: http://hdl.handle.net/10437/5878
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View
Dissertação Final.pdf 1.649Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account