Estudo de fatores de risco de excesso de peso e obesidade em cães com mais de 5 anos: estudo de 145 casos

DSpace/Manakin Repository

Estudo de fatores de risco de excesso de peso e obesidade em cães com mais de 5 anos: estudo de 145 casos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Godinho, Ana, orient.
dc.contributor.author Alcântara, Margarida Vasques Barata de Sá
dc.date.accessioned 2014-11-18T11:40:31Z
dc.date.available 2014-11-18T11:40:31Z
dc.date.issued 2014
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/5769
dc.description Orientação: Ana Godinho; co-orientação: José Girão Bastos pt
dc.description.abstract Ao longo dos anos tem sido visível uma maior longevidade dos animais de companhia. Estudos revelaram que um animal geriátrico deve ter uma alimentação e modo de vida diferente dum animal adulto, de modo a evitar problemas, nomeadamente, a obesidade que chega a atingir 20% dos animais em países industrializados. O objetivo deste trabalho foi verificar a relação entre envelhecimento e obesidade, e sinalizar quais os principais fatores de risco associados neste processo. Cento e quarenta e cinco cães geriátricos foram submetidos a um exame clínico geral na clínica Feira do Passarinho, entre Setembro de 2012 e Março de 2013, onde se avaliou a sua Condição Corporal tendo por base a avaliação dos 5 pontos e, posteriormente, os seus donos foram submetidos a um questionário. Neste trabalho, os fatores de risco que se encontraram e que predispõem ao excesso de peso e obesidade foram: idade até aos 10 anos, na maioria dos portes, animais gonadectomizados, raças como o Retriever Labrador, alimentação com comida caseira/húmida e fornecida em doses, entre outros. Ao contrário do que era esperado, alimentação com marcas brancas e ad libitum, não foram fatores de risco de obesidade. pt
dc.description.abstract Over the years it has been visible an increased longevity of companion animals. Studies have revealed that a geriatric animal must have a diet and different way of life of an adult animal, in order to avoid problems such as obesity that reaches 20% of animals in industrialized countries. The objective of this study was to investigate the relationship between aging and obesity, and to indicate which are the main risk factors associated with this process. One hundred and forty-five geriatric dogs underwent a general clinical examination in the clinic Feira do Passarinho, between September 2012 and March 2013, which evaluated their body condition based on the assessment of 5 points and, subsequently, their owners were submitted to a questionnaire. In this study, the risk factors that were found and predispose to overweight and obesity were age up to 10 years in most sizes, castrated animals, breeds like Labrador Retriever, feeding with homemade food / wet food and provided in doses, among others. Contrary to what was expected, feeding with no brand food and feeding ad libitum, were not risk factors for obesity. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject VETERINÁRIA pt
dc.subject GERIATRIA pt
dc.subject CÃES pt
dc.subject OBESIDADE pt
dc.subject GERIATRICS en
dc.subject DOGS en
dc.subject OBESITY en
dc.subject MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject CANÍDEOS pt
dc.subject CANIDS en
dc.subject FATORES DE RISCO pt
dc.subject RISK FACTORS en
dc.subject MEDICINA VETERINÁRIA pt
dc.subject VETERINARY MEDICINE en
dc.title Estudo de fatores de risco de excesso de peso e obesidade em cães com mais de 5 anos: estudo de 145 casos pt
dc.type masterThesis
dc.identifier.tid 201253178


Files in this item

Files Size Format View Description
tese FINAL.pdf 1.677Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account