Burnout em profissionais das comissões de proteção de crianças e jovens em perigo

DSpace/Manakin Repository

Burnout em profissionais das comissões de proteção de crianças e jovens em perigo

Show full item record

Title: Burnout em profissionais das comissões de proteção de crianças e jovens em perigo
Author: Costa, Elisabete Dias
Abstract: Desde a mais remota Antiguidade, o trabalho assume um papel preponderante na sociedade. Contudo, pode ser também fonte de problemas, nomeadamente de Burnout. Este trabalho procurou avaliar o Burnout entre técnicos de CPCJ´s (N = 212) e analisar a sua relação com variáveis demográficas, variáveis laborais, qualidade de vida e coping. Nenhum dos inquiridos revelou uma condição compatível com a síndrome de Burnout, mas alguns deles apresentavam indícios de tal condição. As variáveis laborais surgiram mais relacionadas com os níveis de Burnout reportados pelos profissionais inquiridos, comparativamente às variáveis sociodemográficas. Os resultados ilustram também associações entre os scores de Burnout (e/ou respetivas dimensões) e o bem-estar face ao trabalho, assim como entre os scores de Burnout (e/ou respetivas dimensões) e o estilo de vida e coping: quanto menor o bem-estar retirado da prática laboral e a qualidade de vida, maiores os índices de Burnout; quanto maior o sentimento de exaustão emocional e de despersonalização (dimensão do Burnout), menor o coping de controlo; quanto maior o sentimento de realização pessoal (terceira dimensão do Burnout), maior a frequência deste tipo de coping. Este trabalho deve servir de mote encorajador para um maior investimento académico, científico e prático a este nível.Since the Dawn of times, work has taken a main role in society. However, it can also be the source of problems, namely as Burnout. This study sought to evaluate the Burnout among the Child Protection Service Technicians (N = 212) and analyse how it relates to demographic, labour, life quality and coping variables. None of the inquired persons have shown any compatible condition to the Burnout syndrome, though some presented signs of that condition. The labour variables appear more related to the levels of Burnout reported by the inquired professionals, in comparison to the sociodemographic variables. The results also show associations between the Burnout scores (and/or respective dimensions) and the labour related well being, as well as associations between the Burnout scores (and/or respective dimensions) and life style and coping: the less well being achieved in work, the greater are the Burnout traces; the bigger the feeling of emotional exhaustion and depersonalization (Burnout dimensions), the less control coping; the greater the feeling of personal fulfilment (third dimension of the Burnout), more frequently will this kind of coping occur. This study should serve as an encouraging platform to instigate further academic, scientific and practical investment in this area.
Description: Orientação: Célia Ferreira
URI: http://hdl.handle.net/10437/5467
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View Description
Disseratação.pdf 931.7Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account