Associação da aptidão física e da composição corporal com o desempenho acadedémico de crianças e adolescentes com obesidade

DSpace/Manakin Repository

Associação da aptidão física e da composição corporal com o desempenho acadedémico de crianças e adolescentes com obesidade

Show full item record

Title: Associação da aptidão física e da composição corporal com o desempenho acadedémico de crianças e adolescentes com obesidade
Author: Sampaio, Viviane Maciel
Abstract: Introdução: As evidências são convincentes de que a obesidade pediátrica não é um fenômeno transitório e que desencadeia inúmeras consequências adversas (Spruijit- Metz, 2011). As adaptações da prática regular de atividade física são associadas a aumento no dispêndio energético que demonstra um efeito benéfico em relação à saúde global (McArdle et al., 2009), inclusive ao (AA) desempenho académico (Burkhalter & Hillman, 2011). Métodos: Para a realização dessa dissertação de Mestrado foram realizados dois estudos: uma revisão sistemática da literatura e um artigo quasi-experimental. Ambos estudaram as associações entre DA, composição corporal e aptidão física (ApF). No primeiro, ente crianças e adolescentes e no segundo somente em adolescentes. Resultados: Os efeitos nocivos da obesidade sobre a função cognitiva e o DA podem ser observados desde a infância. Por outro lado, a ApF é o melhor indicador de saúde e influencia positivamente também desde as idades mais tenras. Conclusões: A literatura aponta para associações inversas entre o IMC e a DA entre grupos de diferentes magnitudes de IMC. Entretanto, quando analisamos apenas adolescentes obesos, essa associação não é observada. Apenas a redução na massa gorda parece ser suficiente para influenciar positivamente o DA de adolescentes obesos.Introduction: The evidence is convincing that pediatric obesity is not a transient phenomenon and that triggers numerous adverse consequences (Spruijit-Metz, 2011). Adaptations of regular physical activity are associated with increased energy expenditure that demonstrates a beneficial effect in relation to global health (McArdle et al., 2009), including the (AA) academic achievement (Burkhalter & Hillman, 2011). Methods: To create this document were conducted two studies: a systematic literature review and a quasi-experimental article. Both studied the associations between DA, body composition and physical fitness (PF). In the first, between children and adolescents and in the second, only adolescents. Results: The harmful effects of obesity on cognitive function and the DA can be observed since childhood. Moreover, FPA is the best indicator of health and also positively influences from the earliest ages. Conclusions: The literature points to inverse associations between BMI and AD between groups of different magnitudes of BMI. However, when we analyzed only obese adolescents, this association is not observed. Only the reduction in fat mass seems sufficient to positively influence the DA of obese adolescents.
Description: Orientação: Sandra Martins
URI: http://hdl.handle.net/10437/5457
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View
Temporario.pdf 12.34Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account