Causas de renúncia de cães e gatos nos concelhos de Cascais e Sintra

DSpace/Manakin Repository

Causas de renúncia de cães e gatos nos concelhos de Cascais e Sintra

Show full item record

Title: Causas de renúncia de cães e gatos nos concelhos de Cascais e Sintra
Author: Cardoso, Sandra Paula Duarte
Abstract: Em Portugal, tanto quanto se sabe, é um estudo inédito e pretende contribuir com dados científicos, recolhidos ao longo de 7 meses, de forma a identificar as principais causas de abandono ou renúncias dos cães e gatos e, desta forma, conseguir ferramentas de trabalho para se encontrar soluções para o flagelo do abandono de animais de companhia no nosso país. A adoção dos cães e gatos como animais domésticos pelos humanos tem, pelo menos, 10 mil anos, sendo um fenómeno à escala planetária e comum à grande parte das diversas sociedades que já habitaram o mundo, sendo reportados intensos vínculos entre estas espécies. Acredita-se mesmo que é uma das relações mais fortes entre espécies tão diferentes com impactos diversos ao nível da estrutura social humana e sobre a saúde pública e animal. O presente estudo tem como objetivo identificar as principais causas de renúncia de cães e gatos nos concelhos de Sintra e de Cascais, do Distrito de Lisboa que são entregues nos centros de recolha oficiais e nas associações zoófilas. Neste sentido, foi elaborado um questionário e colocado nos CRO’s e nas associações zoófilas aderentes durante 7 meses, tendo-se posteriormente tratado as respostas obtidas de 67 questionários válidos. Dos principais resultados salienta-se que foram as mulheres na faixa etária dos 25 aos 40 anos não proprietárias dos animais que mais entregaram animais, bem como pessoas com escolaridade entre o 8.º e 12.º ano e com os rendimentos mais baixos (abaixo dos 6 mil euros anuais) e que os animais entregues eram sobretudo não castrados/esterilizados. O motivo mais alegado para a entrega ou renúncia de animais foi a emigração, seguido de problemas financeiros, doença do animal e alergias na família.In Portugal, as far as we know, it is an original study and intends to contribute with scientific data, collected over seven months, in order to identify the main causes of abandonment or relinquishment of dogs and cats and thus identify tools to find solutions to the scourge of abandoned dogs and cats in our country. The adoption of dogs and cats as pets by humans has at least 10,000 years, being a phenomenon on a global scale and the most common practice of the various societies that once inhabited the world, being reported intense links between these species. It is even believed that it is one of the strongest relationships among species as different, with distinct impacts in terms of human social structure and on animal and public health. This study aims to identify the main causes of relinquishment of dogs and cats in the municipalities of Sintra and Cascais, of Lisbon District. In this context, a questionnaire was prepared and placed in adherent official collection centres and animal associations during seven months, having subsequently analysed the responses to 67 valid questionnaires. Of the main results we highlight that the women aged 25 to 40 years that do not own the animals were the group that most relinquished animals as well as people with schooling between 8th and 12th grade and with the lowest incomes (below of 6000 euros per year) and that the animals were delivered mainly neutered / spayed. The reason most often given for the relinquishment of animals was emigration, followed by financial problems, animal diseases and allergies in the family.
Description: Orientação: Pedro Faísca ; co-orientação: Gonçalo da Graça Pereira
URI: http://hdl.handle.net/10437/5353
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View Description
Tese - Sandra Cardoso.pdf 4.735Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account