Gestão da farmácia comunitária em tempo de crise: que cenários equacionar

DSpace/Manakin Repository

Gestão da farmácia comunitária em tempo de crise: que cenários equacionar

Show full item record

Title: Gestão da farmácia comunitária em tempo de crise: que cenários equacionar
Author: Madrugo, Inês Isabel Alves
Abstract: Introdução: Gerir uma farmácia nos dias de hoje é um desafio profissional relevante, principalmente com as constantes mudanças que nos últimos tempos têm surgido, que fazem com que gestão de uma farmácia não passe apenas pela componente técnica como também pela capacidade de empreendedorismo que um farmacêutico necessita de demostrar para deste modo conseguir ultrapassar os obstáculos que possam surgir durante a sua atividade profissional. Objetivos: Saber de que maneira as farmácias e os seus utentes reagiram à crise que atualmente enfrentamos, bem como avaliar as principais mudanças dos utentes em relação aos hábitos de consumo nas farmácias e os serviços e produtos que estão disponíveis nas mesmas. Metodologia: Utilização de um inquérito dirigido aos Farmacêuticos para se verificar os hábitos de consumo dos utentes, em que medida a liberalização dos MNSRM afetou a farmácia e a situação da farmácia antes e depois da crise. Utilização de um inquérito dirigido aos Utentes, para podermos verificar as mudanças em relação aos hábitos de consumo e os principais motivos para terem deixado de comprar determinados produtos nas farmácias. Resultados: Foi estudada uma amostra composta por 52 indivíduos, sendo possível observar uma mudança nos hábitos de consumo dos utentes. Podemos observar que a maioria dos utentes deixaram de comprar principalmente perfumes, medicamentos veterinários e produtos para bebé/criança nas farmácias. No inquérito às Farmácias, foram inquiridos 11 indivíduos e foi possível verificar uma diminuição na faturação, nas compras de produtos, e no sortido da farmácia. Conclusão: A maioria dos inquiridos manifestou alterações nos seus comportamentos em relação às compras de produtos nas farmácias, indicando motivos financeiros como a principal razão para essas mudanças. Em relação às farmácias essas mudanças deveram-se principalmente às alterações de comportamento dos utentes, à diminuição da faturação e à perda de margem de lucro dos medicamentos que fez com que as farmácias se reorganizassem para não diminuir a sua rentabilidade para valores críticos e deste modo não encerrarem.Introduction: Managing a pharmacy nowadays is a great challenge, especially with the constant changes that have recently emerged, which make managing a pharmacy not just pass by their management as well as the ability to entrepreneurship that a pharmacist needs to demonstrate to thereby overcoming the obstacles that may arise during their professional activity. Objectives: Learn how pharmacies and their users reacted to the crisis we face today, and as well as evaluate the major changes of users in relation to consumer habits in pharmacies and the services and products that are available in the same . Methodology: Using a survey among pharmacists in order to verify the consumption habits of the Portuguese, the extent to which liberalization MNSRM affected the pharmacy and the situation before and after the crisis. Using a survey among users, in order to verify the changes in relation to consumption habits and the main reasons to stop buying certain products in pharmacies. Results: A sample of 52 subjects was studied and it is possible to observe a change in the consumption habits of the users. We can observe that most users stopped buying mainly perfumes, veterinary pharmaceuticals and baby/child products in pharmacies. Regarding Pharmacies we interview 11 individuals, and it was possible of products to observe a decrease in turnover, on purchases of products and in the portfolio available in pharmacy. Conclusion: The majority of respondents expressed changes in their behavior towards product purchases in pharmacies, indicating financial problems as the main reason for these changes. Regarding pharmacies the economy decrease was mainly due to changes in user behavior decreased turnover and decreased profit margin of medicines that promotes pharmacies to reorganize to avoid decrease profitability for critical values and thus not terminate.
Description: Orientação: António Hipólito de Aguiar
URI: http://hdl.handle.net/10437/5274
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View Description
Trab Final TESE.pdf 1.747Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account