Bem-estar, qualidade de vida e saúde mental: estudo descritivo na cidade da Horta

DSpace/Manakin Repository

Bem-estar, qualidade de vida e saúde mental: estudo descritivo na cidade da Horta

Show full item record

Title: Bem-estar, qualidade de vida e saúde mental: estudo descritivo na cidade da Horta
Author: Contente, Paulo Frederico de Melo Quadros Vieira
Abstract: A saúde mental das pessoas está intimamente relacionada com a sua saúde física e social, refletida na definição que a OMS propõe, onde a saúde é considerada “não simplesmente a ausência de doença ou enfermidade”, mas como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social” Segundo a OMS (2001a), estima-se que haverá um crescente número de pessoas que sofrem de problemas de saúde mental, devido ao envelhecimento da população, bem como ao agravamento de problemas sociais e a uma crescente desestabilização civil. Cramer (1994) considera que a qualidade de vida é um estado de bem-estar físico, mental e social e não somente a ausência de doença ou incapacidade; Leidy, Revicki e Genesté definem a qualidade de vida como a perceção subjetiva de satisfação ou felicidade com a vida em domínios que são importantes para o indivíduo. O objetivo deste estudo é o de se proceder a uma avaliação descritiva ao nível da saúde mental, qualidade de vida e bem-estar da população residente na cidade da Horta. Os resultados revelam uma estreita relação entre saúde mental e qualidade de vida, sendo o bem-estar um conceito interdependente dos restantes.As every each day is filled with problems, and our well-being depends on the success of decisions, it is important to explore potential variables involved in this process. Once the emotions seem to manage our capacity for reasoning and decision (Goleman, 2011), that creativity is important in counterbalance these skills (Damásio, 2011) and the emotional intelligence governs our creative ability (Goleman, 2011) it is appropriate to see how emotional intelligence and creativity are interconnected, and how can interfere with the solution we give to our daily problems. The main goal of this investigation is to know the relationship between emotional intelligence and creativity in problem solving. The population of this investigation is constituted for 205 individuals, aged between 25 and 45 years of age, professionally active. The main goal of this study is to see the relationship between Emotional Intelligence, Creativity and Problem Solving. The psychological instruments that were used were theScale Veiga Branco of Emotional Intelligence Capacities (EVBCIE, 2004), the Problem Solving Inventory (IRP), Vaz Serra(1987), and the Test For Creative Thinking –Drawing Prodution (TCT-DP, Urban and Jellen, 1996). As a conclusionwill bepresented and discussedthe main results.
Description: Orientação: Nuno Colaço
URI: http://hdl.handle.net/10437/5049
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View Description
TeseMestrado_PC ... de vida e Saúde Mental.pdf 1.585Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account