A influência da solidão na afectividade e saúde na velhice

DSpace/Manakin Repository

A influência da solidão na afectividade e saúde na velhice

Show full item record

Title: A influência da solidão na afectividade e saúde na velhice
Author: Figueiredo, Maria da Conceição Ribeiro Santos Leonardo
Abstract: Este estudo teve como objectivo avaliar os efeitos da solidão na afectividade e na saúde na velhice. Foi recolhida uma amostra de 148 participantes, 64 indivíduos do sexo masculino e 84 indivíduos do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 65 e os 92 anos. Foram utilizadas as seguintes medidas: A escala da solidão da Universidade Califórnia em Los Angeles (UCLA; versão portuguesa, de autoria de Félix Neto); Positive Affect and Negative Affect Scales (PANAS; Watson, Clark & Tellegen, 1988) e a Short Form de 36 itens - 2ª versão (SF-36v2; versão traduzida e validada para a população portuguesa, pelo centro de Estudos de Investigação em Saúde, 1997). Demonstrou-se a existência de correlações negativas entre a solidão e a afectividade positiva e a saúde, e positivas entre a solidão e a afectividade negativa. Constatou-se ainda através dos resultados obtidos que o grupo dos indivíduos com índice mais baixo de solidão relataram mais Afectividade Positiva, menos Afectividade Negativa e descreveram um melhor estado geral de saúde.This study aimed to evaluate the effects of loneliness on affectivity and health in old age. It collected a sample of 148 participants, 64 males and 84 females, aged between 65 and 92 years. We used the following measures: The scale of loneliness at the University of California at Los Angeles (UCLA; Portuguese version, authored by Félix Neto), Positive Affect and Negative Affect Scales (PANAS, Watson, Clark & Tellegen, 1988) and the Short Form 36 items – 2nd version (SF-36v2; translated and validated for the Portuguese population, the center for the Study of Health Research, 1997). It has been demonstrated the existence of negative correlations between loneliness and positive affectivity and health, and positive correlations between loneliness and negative affectivity. It has been noticed by the results that the group of individuals with lower rate of solitude reported more positive affectivity, less negative affectivity and described a better general health status.
Description: Orientação : Maria da Conceição Couvaneiro
URI: http://hdl.handle.net/10437/5016
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View
dissertação.pdf 1022.Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account