Vida vitoriosa: enfrentar a adversidade com resiliência, com qualidade de vida e espiritualidade

DSpace/Manakin Repository

Vida vitoriosa: enfrentar a adversidade com resiliência, com qualidade de vida e espiritualidade

Show full item record

Title: Vida vitoriosa: enfrentar a adversidade com resiliência, com qualidade de vida e espiritualidade
Author: Adrião, Jorge Manuel de Jesus
Abstract: O conceito de resiliência remete à capacidade do ser humano ser bem-sucedido, de viver e se desenvolver positivamente, de maneira socialmente aceitável, apesar do stress ou de uma adversidade que normalmente implica o risco grave de um ressalto negativo. Ter uma vida saudável e adaptativa ao longo do desenvolvimento. O objetivo deste estudo foi explorar a influência da qualidade de vida (bem estar-subjetivo) e espiritualidade na predição de resiliência em jovens adultos toxicodependentes. A amostra de conveniência foi, constituída por 82 indivíduos residentes em diversos centros de recuperação. Com idades compreendidas entre 19 e 55 anos, do sexo masculino (M =38.60; Dp = 10.04) e do sexo feminino (M = 35.08; Dp = 11.16). Obtida pelas escalas: WHOQOL – Bref; a The Resilience Scale de Young 1993; a Escala de Avaliação da Espiritualidade (Pinto & Pais). Os resultados revelaram uma correlação direta e significativa entre a qualidade de vida, espiritualidade e a resiliência, sendo que quanto mais altos os resultados da qualidade de vida e de espiritualidade, maior a resiliência dos toxicodependentes inqueridos, com intensidades diferenciadas, dependendo dos itens das variáveis em análise.The concept of resilience conveys the ability of the human being to be successful in living and positive development, within socially acceptable parameters, in spite of stress or any adversity that normally implies a grave risk of negative significance, resulting in a life that is healthy and adaptive throughout development. The objective of this study was to explore the influence of quality of life (subjective well-being) and spirituality in the prediction of resilience in young adults who are drug addicts. The sample of subjects, comprised of 82 resident individuals in Teen Challenge rehabilitation centers. The ages of the subjects ranged between 19 and 55 years of age, of males (M = 38.60; Dp = 10.042) and females (M = 35.08; Dp = 11.16). This was obtained using the following scales: WHOQOL – Bref; The Resilience Scale by Young 1993 and the Escala de Avaliação da Espiritualidade (Pinto & Pais). The results revealed a direct and significant correlation between quality of life/spirituality and resilience, being that the greater the results related to quality of life and spirituality were, the greater the resilience of the inquired drug addicts proved to be, with some variance depending on the the items in analysis.
Description: Orientação: Fernanda Salvaterra
URI: http://hdl.handle.net/10437/4901
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View Description
Jorge Manuel de Jesus Adrião3....pdf 1.821Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account