Vinculação, personalidade e depressão

DSpace/Manakin Repository

Vinculação, personalidade e depressão

Show simple item record

dc.contributor.advisor Salvaterra, Fernanda, orient. pt
dc.contributor.author Souza, Raquel Soares de
dc.date.accessioned 2014-06-05T16:33:25Z
dc.date.available 2014-06-05T16:33:25Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/4898
dc.description Orientação: Fernanda Salvaterra pt
dc.description.abstract Através da teoria da Vinculação, desenvolvida a partir dos trabalhos de Bowlby e Ainsworth, atualmente reconhece-se a importância da qualidade da vinculação e a sua influência nos processos desenvolvimentais, emocionais e motivacionais do indivíduo (Monteiro, 2009). Sob a luz dessa teoria, o presente estudo exploratório teve por objetivo verificar a associação dos padrões de vinculação aos traços de personalidade e o humor depressivo. A amostra foi constituída por 200 estudantes universitários provenientes de duas universidades em Lisboa, sendo 113 mulheres e 87 homens com média de idade de 23.74. No intuito de avaliar os padrões de vinculação, foi utilizado a Escala de Vinculação do Adulto (EVA). Para identificar os traços de personalidade aplicou-se o inventário Big Five Inventory (BFI) e na avaliação da depressão utilizou-se o Inventário de Depressão de Beck (BDI). Os resultados indicam que existe associação positiva entre Conforto-Confiança e a extroversão, a amabilidade, bem como uma relação negativa com o humor depressivo. Relativamente ao padrão ansioso, verificou-se que este relaciona-se a um alto nível de conscienciosidade e neuroticismo e ainda está associado a valores mais elevados de depressão. pt
dc.description.abstract Through Attachment theory, developed by Bowlby and Ainsworth´s studies, nowadays is known the importance of attachment´s quality and its influence on the subject´s development, emotional and motivational process (Monteiro, 2009). Under this theory, the current study aims to verify the association of attachment´s patterns to the personality traits and depressed moods. The sample of this study was constituted by 200 students from two different universities in Lisbon; 113 women and 87 men with an average age of 23.74. In order to assess attachment pattern, Adult Attachment Scale-R (AAS-R) was used. To identify the personality traits the Big Five Inventory was applied and an inventory for measuring depression; Beck Depression Inventory (BDI). The results indicate there are positive associations between the attachment pattern Comfort-Confidence and extraversion, agreeableness, and it also show a negative relation with depressed moods. Relatively, the Anxiety pattern was verified to be related to a high level of conscientiousness and neuroticism, and also associated to higher levels of depression. KeyWords: Attachment, en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject PSICOLOGIA pt
dc.subject DEPRESSÃO pt
dc.subject VINCULAÇÃO pt
dc.subject BFI (INVENTÁRIO...) pt
dc.subject BDI (INVENTÁRIO DE DEPRESSÃO...) pt
dc.subject PSYCHOLOGY en
dc.subject PERSONALITY en
dc.subject DEPRESSION en
dc.subject ATTACHMENT en
dc.subject PERSONALIDADE pt
dc.subject MESTRADO EM PSICOLOGIA, ACONSELHAMENTO E PSICOTERAPIAS pt
dc.subject TESTES PSICOLÓGICOS pt
dc.subject PSYCHOLOGICAL TESTS en
dc.title Vinculação, personalidade e depressão pt
dc.type masterThesis pt
dc.identifier.tid 201227894


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertaç...pdf 621.9Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account