Diagnóstico citológico em nódulos cutâneos e subcutâneos : estudo comparativo entre as técnicas: punção aspirativa com agulha fina e punção não aspirativa com agulha fina

DSpace/Manakin Repository

Diagnóstico citológico em nódulos cutâneos e subcutâneos : estudo comparativo entre as técnicas: punção aspirativa com agulha fina e punção não aspirativa com agulha fina

Show full item record

Title: Diagnóstico citológico em nódulos cutâneos e subcutâneos : estudo comparativo entre as técnicas: punção aspirativa com agulha fina e punção não aspirativa com agulha fina
Author: Matias, Joana da Silva
Abstract: A técnica de punção pode ser realizada de duas formas distintas: aplicando pressão negativa para permitir aspiração da amostra, Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF), ou baseando-se apenas no princípio da capilaridade, Punção Não Aspirativa por Agulha Fina (PNAAF). Este trabalho teve por objectivo comparar as amostras de nódulos cutâneos e subcutâneos obtidas pelas técnicas de PAAF e PNAAF e consequente capacidade de fornecer diagnóstico citológico. Para tal, foram analisados 30 nódulos cutâneos executando ambas as técnicas, perfazendo um total de 60 amostras citológicas. Avaliaram-se os seguintes critérios de comparação: presença ou ausência de células representativas, densidade celular, identificação do tipo de massa consoante o tipo celular presente e obtenção ou não de diagnóstico definitivo. Os resultados demonstraram que a técnica de PNAAF teve igual capacidade na classificação do tipo de massa assim como na obtenção de diagnóstico citológico definitivo. O número de amostras com presença de células representativas e a densidade celular foi igual para ambas as técnicas. Subjetivamente, a PNAAF recolheu amostras com menor contaminação sanguínea. Os resultados não sugerem que uma das técnicas seja superior em relação a outra. No entanto, para obter resultados mais seguros, recomenda-se que se executem as duas técnicas em simultâneo.The punction technique may be performed in two different ways: applying of negative pressure in order to allow the specimen aspiration, Fine-Needle Aspiration Puncture (FNAP), or relying solely on the capillary principle, Fine-Needle Nonaspiration Puncture (FNNP). This study had the objective to compare the specimens of cutaneous and subcutaneous nodules collected by FNAP and FNNP and their ability to provide a cytological diagnosis. In order to achieve that, 30 cutaneous nodules were analyzed executing both techniques in tandem, thus constituting a total of 60 cytological specimens. The following comparison criteria were documented: presence or absence of representative cells, cellular density, identification of the type of mass according to the cell type observed and the obtention, or not, of a definitive diagnosis. In the outcome, FNNP revealed equal capacity to classify the type of mass as well as to obtain a definitive cytological diagnosis. The number of specimens showing representative cells and the cellular density was the same for both techniques. Subjectively, FNNP obtained specimens with lower blood contamination. The results do not suggest that neither technique is superior to the other. However, in order to achieve safer results, it is recommended to perform both techniques in tandem.
Description: Orientação : Ana Godinho ; co-orientação : Ana Oliveira
URI: http://hdl.handle.net/10437/4839
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View
JOANA DA SILVA MATIAS IMPRIMIR.pdf 1.501Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account