Multiculturalidade na escola portuguesa: um novo modelo escolar?

DSpace/Manakin Repository

Multiculturalidade na escola portuguesa: um novo modelo escolar?

Show full item record

Title: Multiculturalidade na escola portuguesa: um novo modelo escolar?
Author: Rodrigues, Rui Pedro Jesus
Abstract: O mundo em que vivemos é cada vez mais complexo e multicultural como resultado de uma migração que já se tornou um fenómeno global. Nas últimas décadas, as pessoas da África, Ásia e América Latina, bem como de países do Leste Europeu, espalharam-se por toda a Europa Ocidental. Portugal (que foi um país de emigrantes) tem registado nos últimos anos fluxos crescentes de imigração, primeiro dos PALOP mas, nos últimos anos, de origem diversa, estimando-se ora a existência, no ensino básico, de crianças de 130 a 150 nacionalidades (tal segundo a Alta Comissária para a Imigração e Minorias Étnicas, Rosário Farmhouse, na conferência "Lisboa - uma metrópole charneira de culturas”, inserida no II Ciclo de Conferências Lisboa 2020, realizado na Fundação Cidade de Lisboa /Outubro-2008). Nas escolas, a pressão de integração dos filhos destes novos imigrantes reflectese na gestão quotidiana, até porque as crianças e jovens são inseridos em turmas adequadas à sua faixa etária e às habilitações adquiridas no país natal, mas nem sempre estas se encontram em correspondência com os perfis de saída dos alunos cuja língua materna é o Português e que sempre frequentaram o ensino em Portugal. Assim, o trabalho tem como objetivo averiguar as eventuais dificuldades de inserção dos alunos estrangeiros na vida escolar, conhecer o seu desempenho em História e Geografia e identificar práticas pedagógicas significativas para ultrapassar as condicionantes ligadas á escola multicultural. Pretende-se, ainda, aferir da frequência de ações de formação oferecidas aos professores com o objetivo de mitigar as dificuldades em lidar com a interculturalidade na sala de aula. Para suporte metodológico realizaram-se entrevistas exploratórias, questionários a professores com experiência de leccionação em ambientes culturais diversificados, assim como questionários a alunos a frequentar a escola portuguesa, seja de origem portuguesa, seja sobretudo de origem estrangeira, especialmente dos PALOP, com o objetivo de validar o multiculturalismo escolar.The world we live in is increasingly complex and multicultural as a result of migration. This becomes a global phenomenon. In recent decades, people from Africa, Asia and Latin America as well as from Eastern European countries spread throughout Western Europe…Portugal, which has always been a country of emigrants, has in recent years increasing flows of immigration, first from PALOPS (African countries official Portuguese language), but in recent years, of different origins, estimating the existence in schools, children from 130 to 150 nationalities, according to High Commissioner for Immigration and Ethnic Minorities, Rosario Farmhouse, in conference in Lisbon: "Lisboa - uma metrópole charneira de culturas, inserida no II Ciclo de Conferências Lisboa 2020” (Uma Metrópole Competitiva", realizado na Fundação Cidade de Lisboa /Outubro-2008) In our schools, the pressure to integrate the children of these new immigrants reflected in daily management, because children and young people are placed in classes appropriate to their age and qualifications acquired in their home countries, however, often these are not matching in output profiles of students whose native language is Portuguese, and always attended school in Portugal. So, the work presented, inserted under the Master about Teaching History and Geography of the third educational cycle (year 7-year 9) and Secondary Education (year 10.year 12), aims to investigate the potential difficulties in integration of foreign students in school life, meet their performance in the disciplines of History and Geography and identify significant pedagogical practices to overcome the constraints related to multicultural school. The aim is also to assess the frequency of training activities offered to teachers with the goal of mitigating the difficulties in dealing with intercultural classroom. For methodological support were held exploratory interviews, questionnaires to the teachers with experience of teaching in a diverse cultural environments, as well as questionnaires to students attending Portuguese school from Portugal and especially focus on foreign origin as PALOPS countries, with the objective of validating a multicultural school,
Description: Orientação: José Bernardino Duarte
URI: http://hdl.handle.net/10437/4809
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View Description
Rui Rodrigues Relatório de iniciação à prática.pdf 1.043Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account