Prática e percepção do enfermeiro gestor quanto à efetivação do programa saúde da família

DSpace/Manakin Repository

Prática e percepção do enfermeiro gestor quanto à efetivação do programa saúde da família

Show full item record

Title: Prática e percepção do enfermeiro gestor quanto à efetivação do programa saúde da família
Author: Verçosa, Marúcia Fernandes
Abstract: As políticas públicas de saúde surgem em decorrência do reconhecimento de um cenário desumano e incoerente frente às condições sociais e de saúde da população, este cenário favoreceu a inclusão da família como foco de atenção nas políticas públicas. Neste contexto o profissional enfermeiro vem se destacando como agente dinamizador das ações dentro do Programa Saúde da Família(PSF). A partir desta premissa este estudo objetivou conhecer as atividades gerenciais desenvolvidas pelo enfermeiro gestor no Programa Saúde da Família, a percepção do enfermeiro gestor sobre a efetivação das metas á serem alcançadas pelo Programa Saúde da Família, e as dificuldades encontradas na prática cotidiana deste profissional para efetivação das metas a serem alcançadas no Programa Saúde da Família. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa, realizado em Belém do Pará. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas semi-estruturadas junto a 45 enfermeiros gestores de 30 unidades saúde da família na região metropolitana de Belém. As informações coletadas foram organizadas conforme preceitos à análise de conteúdo segundo Bardin (1977). Da análise dos discursos emergiram cinco categorias. Os resultados deste estudo demonstraram que são inúmeras as atividades gerenciais do enfermeiro, que sua maior dificuldade na prática cotidiana deve-se ao fato da comunidade ainda estar fortemente arraigada ao atendimento hospitalocêntrico, além da insatisfação na função de gerência, ligadas as várias dificuldades como falta de perfil do agente comunitário de saúde, infraestrutura das unidades, falta do profissional médico em algumas unidades, não adesão do tratamento e ações educativas pelas famílias adstritas , além da impossibilidade em alcançar os objetivos propostos pelo Programa Saúde da Família, de acordo a maioria dos informantes. Essa realidade tem sido vivenciada pelo enfermeiro gestor, caracterizada como forma de tensão interna do sistema, gerando a construção peculiar para enfrentar tais dificuldades. Apesar das dificuldades e limitações dos enfermeiros gestores, estes profissionais realizam suas funções com responsabilidade, buscando cada vez mais autonomia, e consideram que este programa, é o marco nas políticas públicas de saúde.The public health policies arise due to the recognition of a scenario inhumane and inconsistent front ace social and health conditions of the population, this scenario favored the inclusion of the family as the focus of attention in public policy. In this context the nurse has stood out as an agent of dynamic actions within the program. From this premise, this study aimed to understand the actions of the nurse as manager, relate the perception of this person as to the realization of the objectives proposed by the program in their daily practice, and their difficulties in achieving the objectives proposed by the Family Health Program. This is a descriptive study with a qualitative approach, conducted in Belém do Pará Data were collected through semi-structured interviews with 45 nurses will managers of family health units in metropolitan Belém The information collected was organized as precepts of content analysis Bardin, yielding five categories. The results of this study allowed to know the actions, difficulties and perceived effectiveness as to the nurse manager of the goals of the Family Health Program. The study identified a general managerial actions, preventive care and the nurse manager. But it was perceived dissatisfaction in a managerial function, related to the various difficulties faced by the informants as lack of profile of Community Health Workers, infrastructure units, lack of medical professionals in some units, non-adherence treatment and educational activities for families enrolled in addition to the inability to achieve the objectives proposed by the Family Health Program (FHP). Even before the difficulties and limitations, these professionals perform their duties responsibly, seeking increased autonomy and consider the family health strategy is the milestone in public health policies and therefore streamline their actions in order to achieve the targets set by program.
Description: Orientação: Ricardo Figueiredo Pinto ; co-orientação: Carlos Eduardo Capelo Ramos do Rosário
URI: http://hdl.handle.net/10437/4657
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View Description
Marucia_Vercosa_Dissertação.pdf 1.327Mb PDF View/Open Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account