A suplementação com extracto de "Ascophyllum nodosum" está associada às modificações antropométricas registadas em mulheres com excesso de peso e obesos durante um ensaio aleatorizado de restrição energética

DSpace/Manakin Repository

A suplementação com extracto de "Ascophyllum nodosum" está associada às modificações antropométricas registadas em mulheres com excesso de peso e obesos durante um ensaio aleatorizado de restrição energética

Show full item record

Title: A suplementação com extracto de "Ascophyllum nodosum" está associada às modificações antropométricas registadas em mulheres com excesso de peso e obesos durante um ensaio aleatorizado de restrição energética;
Ascophyllum nodosum extract supplementation is associated with anthropometric changes in overweight and obses women during a randomized energy-restriction trial
Author: Tavares, Nelson Rodrigues
Abstract: Uma formulação oral sob a forma de cápsulas contendo um extrato de Ascophyllum nodosum, foi testada em mulheres com execesso de peso e obesas (n=42) numa dieta hipocalórica. A vinte e um indivíduos foi atribuído, para além da dieta hipocalórica, o extrato de algas castanhas comestíveis, enquanto que outros 21 indivíduos seguiram apenas a dieta hipocalórica. Após 8 semanas de suplementação, foi observada no grupo que recebeu o extrato de algas castanhas comestíveis uma diminuição nas médias de: perda de peso, índice de massa coporal e perímetro da anca. O consumo de extrato de Ascophyllum nodosum, durante a restrição energética ao longo de 8 semanas, mudou a antropometria nestas mulheres com excesso de peso e obesas.An oral formulation in the form of capsules containing Ascophyllum nodosum, was tested in overweight and obese women (n=42) on a hypocaloric diet. Twenty one subjects were assigned to the edible brown seeweed extract plus hypocaloric diet, while the other 21 subjects followed the hypocaloric diet only. After 8 weeks os supplementation, a decreased in mean weight loss, mean body mass index, and mean hip circumference were onserved in the group taking the edible brown seeweed extract. Ascophyllum nodosum extract consumption during energy restriction over the course of 8 weeks changed antropometrics in these overweight and obese women.
URI: http://hdl.handle.net/10437/3676
Date: 2013


Files in this item

Files Size Format View
Article10_n2.pdf 7.206Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account