Relação entre factores ambientais causadores de stress e doença renal felina

DSpace/Manakin Repository

Relação entre factores ambientais causadores de stress e doença renal felina

Show full item record

Title: Relação entre factores ambientais causadores de stress e doença renal felina
Author: Freitas, Natasha de
Abstract: A Doença Renal Crónica (DRC) é de natureza insidiosa, progressiva e irreversível e uma grande causa de morbilidade e mortalidade em gatos. O comportamento natural da espécie felina fica comprometido no meio doméstico, originando situações de stress que desempenham um papel importante na patogénese da doença crónica. A literatura sugere que a activação contínua do sistema nervoso simpático desencadeia uma série de processos fisiológicos que se traduzem por último no aparecimento de fibrose renal, contribuindo assim para a progressão da DRC. Esta dissertação pretende avaliar essa relação. Para tal, foram analisados questionários que permitissem avaliar as condições em que viviam uma amostra de 139 gatos e realizados painéis hematológicos e bioquímicos a uma sub-amostra para verificar as correlações existentes. Ainda que não tenha sido possível concluir que a presença de um parâmetro individual possa ser apontada como causa directa do desenvolvimento de DRC, podemos identificar um conjunto de factores ambientais causadores de stress como prováveis factores de risco para a degradação desta doença e a sua transição para fases mais avançadas. Desta forma, a implementação de estratégias de enriquecimento ambiental MEMO (Multimodal Environmental Modification) não só visa melhorar a qualidade de vida destes animais como se pode revelar uma chave de sucesso na prevenção e maneio de doenças crónicas.Chronic Kidney Disease (CKD) is an insidious, progressive and irreversible pathology and currently recognized as one of the main causes of feline morbidity and mortality. In domestic households, the natural behavior of the feline species is compromised, leading to potentially stressful situations which play an important role in the pathogenesis of chronic diseases. Scientific literature suggests that the continuous stimulation of the sympathetic nervous system sets off a chain of physiological reactions that ultimately result in renal fibrosis, thus contributing to the progression of CKD. This study aims to prove this relation by evaluating a group of 139 felines and their living environment and basic need fulfillment. Hematological and serum biochemistry parameters were also evaluated in a subgroup to determine any existing correlations. Although it was not possible to determine an individual parameter as a direct cause for the development of CKD, we were able to identify a set of environmental conditions that together represent a probable risk factor in leading to the faster evolution of this disease and its transition to more advanced stages. The implementation of multimodal environmental modification (MEMO) strategies not only improves the quality of life of these animals but may also prove to be a successful element in preventing and managing chronic diseases.
Description: Orientação : Pedro Faísca ; Co-orientador : Gonçalo da Graça Pereira
URI: http://hdl.handle.net/10437/3663
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View
Tese final COMPLETA.pdf 903.3Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account