Neoplasias em felinos : um estudo descritivo de 3 anos

DSpace/Manakin Repository

Neoplasias em felinos : um estudo descritivo de 3 anos

Show full item record

Title: Neoplasias em felinos : um estudo descritivo de 3 anos
Author: Martins, Luísa Manuel Castelão
Abstract: O registo oncológico é uma ferramenta de trabalho de valor inquestionável no estudo epidemiológico das neoplasias numa dada população. Em Portugal e apesar da classe veterinária reconhecer o seu valor, ainda não existe nenhum registo oncológico veterinário e este tema têm sido tratado com pouca relevância. O tema da dissertação deste Mestrado Integrado pretende contribuir para o estudo epidemiológico da oncologia felina, através da apresentação de uma distribuição de lesões do foro neoplásico. A recolha de dados reportou-se a um período de três anos (2008-2010), a partir de material fornecido pelo laboratório de histopatologia da DNAtech. De um total de 992 amostras da espécie felina, nesse período de tempo, 707 (71%) foram referentes a lesões do foro neoplásico, deste universo, 285 (38,9%) reportaram-se ao grupo de tumores da glândula mamária, 226 (30,9%) aos tumores mesenquimatosos da pele e de tecidos moles; 91 (12,4%) aos tumores epiteliais e melanocíticos da pele; 52 (7,1%) aos tumores do aparelho digestivo; 40 (5,5%) aos tumores do sistema hematopoiético, 16 (2,2%) aos tumores que afectaram o olho e ouvido; 5 (0,7%) ao aparelho urinário; 4 (0,5%) ao aparelho respiratório e, finalmente com menor frequência 13 (1,7%) foram classificados em outros grupos e sistemas (osso e articulações, aparelho endócrino, aparelho reprodutor e indeterminados). Observou-se uma proeminência nos tumores de origem maligna (75%), assim como para os tumores do sexo feminino (66%), o grupo de animais com 10 anos foi aquele que apresentou maior número de tumores. A diferente distribuição das neoplasias felinas observadas neste estudo, comparadas com os registos existentes noutros países enfatiza a necessidade da criação do nosso próprio registo oncológico.A cancer registry is an essential resource in the epidemiological study of neoplasm in a population. In Portugal, in spite of its recognized value, there is no veterinary cancer registry, and this subject has been treated with little relevance. The theme of this study, pretend to contribute to the epidemiological study of feline oncology, through the presentation of a distribution of neoplastic lesions. The data collection refers to a period of three years (2008-2010), provided by the histopathology laboratory DNAtech. From a total of 992 samples from feline species, in that period of time, 707 (71%) were neoplastic lesions. Of this universe, 285 (38.9%) were from the mammary gland, 226 (30.9%) were mesenchymal tumors of the skin and soft tissues, 91 (12.4%) were epithelial and melanocytic tumors of the skin, 52 (7.1%) were tumours of the digestive apparatus, 40 (5.5%) were of the hematopoietic system tumors, 16 (2.2%) were tumors affecting the eye and ear, 5 (0.7%) were of the urinary apparatus, 4 (0.5%) were of the respiratory apparatus, and finally with a lower frequency , 13 (1.7%) were classified into other groups and systems (bone and joints, apparatus endocrine, reproductive and indeterminate). There was a higher frequency of malignant tumors (75%). Female cats were more affected (66%), and 10 years was the age with the large number of tumors. The different distribution of feline’s tumors in this study compared to the known registries around the world, emphasize the importance of creating our own register.
Description: Orientação : Hugo Vilhena ; co-orientação : Pedro Faísca
URI: http://hdl.handle.net/10437/3598
Date: 2012


Files in this item

Files Size Format View
Tese Mestrado.pdf 555.7Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account