Competência Social em contexto de carreira e autoconceito

DSpace/Manakin Repository

Competência Social em contexto de carreira e autoconceito

Show simple item record

dc.contributor.author Nogueira, Marta Alexandra Gonçalves
dc.date.accessioned 2013-04-29T16:31:32Z
dc.date.available 2013-04-29T16:31:32Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/3364
dc.description Orientadora : Liliana Faria pt
dc.description.abstract A competência social é um construto multidimensional que abrange um conjunto de comportamentos aprendidos, socialmente aceites e que, deste modo, desempenha um papel fundamental no desenvolvimento humano em geral e, em particular, no funcionamento escolar e profissional, afetando as relações com os professores e pares e o sucesso académico e profissional (Lemos & Menezes, 2002). Por sua vez, o autoconceito, também descrito na literatura como um construto multidimensional que engloba um sistema de representações descritivas e avaliativas acerca do desempenho do self nos diferentes contextos e tarefas em que o sujeito se envolve, diz respeito à imagem que o sujeito tem de si próprio e aquilo que acredita ser (Veiga, 2006). A carreira é um exemplo de um processo sócio relacional (Blustein, 2011). Exige a capacidade do indivíduo para avaliar os conhecimentos de si e do meio, bem como para selecionar e implementar recursos sociais adequados para lidar com tarefas de carreira e desafios específicos. Tendo em consideração a falta de estudos teóricos e empíricos sobre a compreensão das competências sociais e do autoconceito no âmbito da carreira dos jovens adolescentes, este estudo tem como objetivo principal caracterizar as competências sociais em contexto de carreira e o autoconceito em alunos do 8º ano, bem como, analisar possíveis diferenças nos resultados em função de variáveis sociodemográficas. Além disso, pretende-se, ainda, analisar a influência do autoconceito nas competências sociais em contexto de carreira e vice-versa. Para o efeito, participaram neste estudo 306 estudantes de ambos os sexos, 163 raparigas (53,3%) e 143 rapazes (46,7%), com idades compreendidas entre 12 e 16 anos (M=13,28; DP=0,590). Estes jovens encontram-se a frequentar o 8º ano de escolaridade, em três estabelecimentos de ensino público da zona norte do país. Foram administrados dois questionários de auto relato, a Prova de Avaliação de Competência Social em contexto de Carreira (PACS-Car, Candeias, 2005 adaptada por Araújo & Taveira, 2009) para avaliar as competências sociais de carreira e, o Piers-Harris Children’s Self Concept Scale-2 (PHCSCS-2 – Piers & Herzberg, 2002, adaptado por Veiga, 2006), para avaliar o autoconceito. Os resultados indicam que os rapazes apresentam níveis mais elevados de desempenho pobre, ansiedade e popularidade, quando comparados com as raparigas e que os alunos mais novos apresentam níveis de desempenho excelente, aspeto comportamental e ansiedade superiores aos adolescentes mais velhos. Verificou-se, ainda, que as competências sociais em contexto de carreira parecem influenciar positivamente o autoconceito e vice-versa. São retiradas implicações para o processo de intervenção na carreira com jovens. pt
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject PSICOLOGIA pt
dc.subject PSICOLOGIA SOCIAL pt
dc.subject COMPETÊNCIAS SOCIAIS pt
dc.subject ORIENTAÇÃO VOCACIONAL pt
dc.subject CARREIRAS PROFISSIONAIS pt
dc.subject PSYCHOLOGY en
dc.subject SOCIAL PSYCHOLOGY en
dc.subject SOCIAL SKILLS en
dc.subject CAREER COUNSELLING en
dc.subject PROFESSIONAL CAREERS en
dc.subject MESTRADO EM PSICOLOGIA SOCIAL E ORGANIZACIONAL pt
dc.title Competência Social em contexto de carreira e autoconceito pt
dc.type masterThesis pt


Files in this item

Files Size Format View
Tese_Marta Nogueira_Mestrado PSO.pdf 842.0Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account