Atitudes dos Professores face à inclusão de alunos com Paralisia Cerebral em contexto de sala de aula

DSpace/Manakin Repository

Atitudes dos Professores face à inclusão de alunos com Paralisia Cerebral em contexto de sala de aula

Show simple item record

dc.contributor.advisor Pereira, Rafael Silva, orient.
dc.contributor.author Olhero, Sandra Rute Gomes Moita
dc.date.accessioned 2012-12-20T15:16:57Z
dc.date.available 2012-12-20T15:16:57Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/2936
dc.description Orientação: Rafael Silva Pereira pt
dc.description.abstract A inclusão assume cada vez mais um papel importante na sociedade. Esta realidade confere responsabilidades acrescidas às escolas e em especial aos professores, nomeadamente no desenvolvimento de práticas e experiências que potenciem um processo de ensino-aprendizagem vocacionado para as particularidades de cada indivíduo. Este estudo tem como objetivo averiguar como é que os professores promovem a inclusão de crianças com Paralisia Cerebral, em salas de ensino regular. Para este estudo foram inquiridos 92 professores, dos quais apenas 33 responderam ao inquérito por questionário, pelo que não podemos considerar a nossa amostra representativa. Os professores da nossa amostra demonstram uma perceção positiva e favorável à inclusão dos alunos com PC, no ensino regular. No entanto, manifestam algumas preocupações em relação à implementação da inclusão destas crianças devido à falta de equipamento pedagógico, falta de técnicos e existência de barreiras arquitetónicas. Os recursos existentes nas escolas não são suficientes para trabalhar com estas crianças. Mas, cada vez mais os professores têm atitudes positivas face à inclusão, adotando estratégias que consideram fundamentais para assegurar o sucesso educativo dos alunos com Paralisia Cerebral. pt
dc.description.abstract Inclusion has had an important place in society. This reality brings schools and most specially teachers an extra responsibility that plays an important role in the development of practices and experiences in the learning process of each individual. This survey has as its goal to understand how teachers promote integration of children With Cerebral Palsy in regular schools. Ninety-two teachers were enquired and only thirtythree of them answered the questionnaire, and so it cannot be considered a representative sample. The teachers who answered our survey all have a positive attitude pacing the inclusion of children with Cerebral Palsy, in general schools. However, they show some concern about the inclusion of these children due to the lack of pedagogical equipment, the lack of technical and architectural barriers. The resources at school are not enough to work with children with Cerebral Palsy. But, there is a positive thinking to end all forms of discrimination and promote the educational success of these children’s. en
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.rights openAccess
dc.subject EDUCAÇÃO pt
dc.subject EDUCAÇÃO ESPECIAL pt
dc.subject PARALISIA CEREBRAL pt
dc.subject MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO NA ESPECIALIDADE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E DOMÍNIO COGNITIVO E MOTOR pt
dc.subject INCLUSÃO ESCOLAR pt
dc.subject EDUCATION en
dc.subject SPECIAL EDUCATION en
dc.subject CEREBRAL PALSY en
dc.subject SCHOOL INCLUSION en
dc.title Atitudes dos Professores face à inclusão de alunos com Paralisia Cerebral em contexto de sala de aula pt
dc.type masterThesis pt


Files in this item

Files Size Format View
Tese -Sandra Olhero final.pdf 1.015Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account