Gaulismo e capital humano, um novo paradigma escolar

DSpace/Manakin Repository

Gaulismo e capital humano, um novo paradigma escolar

Show simple item record

dc.contributor.author Robert, André
dc.date.accessioned 2012-03-12T18:05:50Z
dc.date.available 2012-03-12T18:05:50Z
dc.date.issued 2008
dc.identifier.issn 1646-401X
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/10437/1751
dc.description.abstract Renovador das instituições, fundador da V República (1958), o general de Gaulle foi também o reformador do sistema educativo francês, num momento em que todas as tentativas precedentes de reformas desde 1945 não tinham sido bem sucedidas. Ele tentou impor um novo paradigma centrado na ‘massificação’/selecção, e principalmente articulado – embora de maneira implícita – com a teoria económica do capital humano, largamente difundida a nível internacional. O artigo examina a política escolar posta em prática nesta base (com diferentes ministros da Educação e vários conselheiros influentes) durante dez anos (1958-1968). Se esta política teve sucesso na democratização da selecção, o que constitui um inegável progresso em termos de justiça e de igualdade inicial das oportunidades, ela não foi bem sucedida em grande parte na democratização do sucesso escolar (oportunidade de acesso dos mais desfavorecidos aos graus mais prestigiantes). pt
dc.format application/pdf
dc.language.iso por pt
dc.publisher Edições Universitárias Lusófonas pt
dc.rights openAccess
dc.subject EDUCAÇÃO pt
dc.subject POLÍTICA EDUCATIVA pt
dc.title Gaulismo e capital humano, um novo paradigma escolar pt
dc.type article pt


Files in this item

Files Size Format View
Robert.pdf 346.9Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account