Antioxidantes orais vs. aplicação tópica na prevenção do envelhecimento cutâneo

DSpace/Manakin Repository

Antioxidantes orais vs. aplicação tópica na prevenção do envelhecimento cutâneo

Show full item record

Title: Antioxidantes orais vs. aplicação tópica na prevenção do envelhecimento cutâneo
Author: Gonzaga, Soraia Alexandra dos Santos
Abstract: A pele é o maior órgão do corpo humano e cobre toda a superfície do corpo, num adulto aproximadamente 2 m2 e constitui cerca de 16% do peso total do corpo. A pele é constituída pela epiderme, derme e hipoderme com uma estrutura e comportamento, que difere de acordo com a localização anatómica no corpo. A principal função da pele é de função barreira que contribuí para a regulação da temperatura do organismo e defesa contra agressões externas, assegurando a proteção e a relação entre o meio interior e o exterior. O envelhecimento cutâneo é um fenómeno biológico irreversível com dois componentes, o envelhecimento intrínseco, associado aos processos degenerativos e genéticos e o envelhecimento extrínseco relacionado com os fatores ambientais (fotoenvelhecimento). Esta dissertação é o resultado de uma revisão bibliográfica sobre envelhecimento cutâneo e as melhores possibilidades de prevenir e/ou retardar o envelhecimento através da utilização de antioxidantes por via oral e/ou aplicação tópica.
Description: Orientação: Maria Lídia Palma
URI: http://hdl.handle.net/10437/10146
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View Description
Versão final .pdf 2.911Mb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account