Perceção de pessoas com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais, em situação laboral, sobre a sua inclusão social

DSpace/Manakin Repository

Perceção de pessoas com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais, em situação laboral, sobre a sua inclusão social

Show full item record

Title: Perceção de pessoas com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais, em situação laboral, sobre a sua inclusão social
Author: Dias, Tânia Filipa Caeiro
Abstract: De acordo com a revisão da literatura sobre a inclusão de pessoas com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais (DID) (Silva & Coelho, 2014; Belo, Caridade, Cabral & Sousa, 2008; Luckasson, 2002, citado por Santos & Morato, 2012), a mesma contribui para o desenvolvimento, a todos os níveis, desta população. A maior parte dos estudos centra-se, no entanto, sobre a perspetiva de outros atores (pais, docentes, colegas) (Avramidis e Norwich, 2002; Boer, Pijl & Minnaert, 2010; Duhaney & Salend, 2000; Tafa & Manolitsis, 2002; Rafferty, Boettcher& Griffin, 2003; Kalyva, Georgiadi, & Tsakiris, 2007, entre outros, citados por Leitão & Silva, 2019). Relativamente à perceção de pessoas com DID sobre a sua inclusão, há estudos que indicam que os jovens se sentem realizados pessoal e profissionalmente, que têm autonomia e que decidem sobre a sua via diária, não estando socialmente isolados, apesar de existir algum protecionismo dos que os rodeiam. Os jovens com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais têm expetativas básicas como qualquer pessoa, apesar de, ao nível profissional, sentirem algumas dificuldades (Silva, Dias & Neves, 2016). Esta investigação teve como objetivo geral investigar como pessoas com DID percecionam a sua inclusão no mercado de trabalho. De natureza qualitativa, as técnicas e os instrumentos utilizados foram a pesquisa documental e a entrevista semiestruturada com sujeitos com DID, em situação laboral. Os dados recolhidos na nossa investigação permitem-nos concluir que as pessoas com DID referem que a sua inclusão fortalece o seu grau de independência, que apesar de sentirem algumas dificuldades, as mesmas poderão ser amenizadas e que o salário que recebem permite um ganho de autonomia.According to the literature review on the inclusion of people with intellectual and developmental difficulties (DID) (Silva & Coelho, 2014; Belo, Caridade, Cabral & Sousa, 2008; Luckasson, 2002, citado por Santos & Morato, 2012), it contributes to the development, at all levels, of this population. Most of the studies, however, focus on the perspective of other actors (parents, teachers, colleagues) (Avramidis and Norwich, 2002, Boaf, Pijl and Minnaert, 2010, Duhaney and Salend 2000, Tafa & Manolitsis, 2002, Rafferty, Boettcher & Griffin, 2003; Kalyva, Georgiadi, & Tsakiris, 2007, among others, cited by Leitão & Silva, 2019). Regarding the perception of people with DID about their inclusion, there are studies that indicate that young people feel they are personally and professionally made, that they have autonomy and that they decide on their daily way, not being socially isolated, although there is some protectionism that surround them. Young people with intellectual and developmental difficulties has basic expectations like any other person, although at professional level they experience some difficulties (Silva, Dias & Neves, 2016). This research aimed to investigate how people with DID perceive their inclusion in the labor market. It is a qualitative research, and the techniques and instruments used were documental research and the semi structured interview with subjects with DID, in a labor situation. The data collected in our investigation allow us to conclude that people with DID indicate that their inclusion strengthens their degree of independence, that although they feel some difficulties, they may be lessened and that the salary they receive allows a gain of autonomy.
Description: Orientação: Maria Odete Emygdio da Silva
URI: http://hdl.handle.net/10437/10139
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertação Final _Tania Dias.pdf 698.4Kb PDF View/Open Dissertação de Mestrado

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account